A MENSAGEIRA DO AMOR

Meus Irmãos: suplicando a graça e a ternura de nossa Mãe Santíssima em favor de toda a Humanidade, reverenciamos neste dia o papel sublime da mulher, quando guiada pela fé em Deus!

Dela depende o fluxo da vida em suas expressões de justiça e bondade, porque ao coração da mulher Deus confiou a execução de uma lei universal, sem a qual não conheceríamos o amor puro e redimido de toda nódoa passional: a reencarnação.

Mediadora da vida e fonte dadivosa da candura, a condição feminina, como meio de experiência e produção moral, marcadamente pelo viés sentimento, a ela devemos, quando a serviço da Providência augusta de Nosso Pai, os nomes mais santos da organização social do Planeta: mãe, irmã, esposa, filha, amiga…

Os homens mais notáveis de nossa História guardam, na gênese de sua evolução, as marcas indeléveis de uma mulher – seja a que gerou, sejam as que orientaram seus passos, entre a ternura e a energia educativa, formatadora do caráter e das mais altas disposições morais!

Recordá-las em sua função santificante e transformadora das condições espirituais de quantos delas – as mulheres operosas no Bem – se valham, em dependência harmônica e sábia, segundo dispositivos da Ordem Divina, é para todos nós o reconhecimento da infinita Misericórdia de Deus, que através do coração feminino, em processos misteriosos e múltiplos para a análise intelectual dos homens, revela facetas de Seu Amor – Amor que é fundamento da vida e da ordem universal!

Mulher, quando mãe é uma estrela de Deus, mas todas as que não geram filhos próprios e que se dispõem a servir à promoção da vida e do bom ânimo, com seus talentos, igualmente cintilam, porque, em todas elas, mães ou nas que se fazem mães, brilha sempre a face amorosa do Criador, na feição de conforto e esperança, perdão e caridade!…

À mulher que dignifica a sua missão de Mensageira do Amor Celeste, a nossa reverência, a nossa gratidão!

 

CHICO XAVIER

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão em reunião pública do dia 08 de março de 2014 no Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)