CARTA À MINHA MÃE

Mãezinha querida:

Embora sejas, desde o meu nascimento, o anjo de Deus a velar sobre a minha cabeceira, os homens aí na Terra lembraram de te dedicar pelo menos um dia, para os ofícios sagrados da gratidão…

Penso, hoje, que se Deus escolheu um representante para mostrar ao Mundo a grandeza de seu Amor, Ele, sem dúvida, escolheu as mães, pela capacidade de renúncia e de abnegação que são capazes de demonstrar cuidando de seus filhos.

Recordo-me de que, quando a má vontade e a azedia me tomavam o gênio infantil, resistindo ao banho e aos deveres da escola, usavas tato e energia irresistíveis, desviavando-me da rebeldia, ao enfeitar os meus cachos de cabelos com flores singelas…

Mais tarde, na juventude, fazias-te amiga conselheira fiel, ajudando-me a refletir melhor ante os apelos dos rapazes que passaram a nos sondar os encantos feminis em eclosão…

Depois, já consorciada, e sentindo os deveres pesados do próprio lar, eras-me o amparo da experiência e o arrimo benfeitor, inspirando-me a ser para o esposo e para o lar o sentimento nobre e a força moral que harmoniza em Deus.

Ah, mãezinha! Quantas lembranças de luz meu coração reune nesta hora em que o Mundo homenageia a tua missão sublime, que, para além de conceber e dar à luz um filho, converteste o próprio coração em tabernáculo santo de Deus, para ensinar-nos os caminhos da retidão e as escolhas da paz!

Sim, mamãe!… foste para mim o anjo humilde que se esqueceu, para fazer-me tão formosa e tão cristã quanto Jesus espera de todas as criaturas…

Se neste dia, ante a grandeza de tua dedicação e paciência para comigo, algo posso oferecer-te, são as flores perfumosas e imorredouras da infinita gratidão que brotam de meu peito.

Essas flores imortais, mamãe, são as preces que elevo a Deus, dizendo, sem palavras, ao Criador da Vida:

Obrigado Senhor, pelo heroísmo das mães que se apagam no Mundo para que seus filhos possam brilhar e ser felizes!

MEIMEI

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão durante reunião pública do Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG, no dia 08 de maio de 2017).