POR DEVER E GRATIDÃO

Minhas irmãs e meus irmãos, Jesus nos abençoe!

A vida é tão rica e tão surpreendentemente bela, por mais desafios e dores experimentemos na ordem do progresso, da evolução, que necessitamos nos indagar de trecho a trecho do caminho sobre o nosso estado íntimo, sobre as nossas condições pessoais de aproveitamento das bênçãos que nos chegam: do tempo à saúde, da fé à convivência com o próximo.

  • O que são nossas ideias e impressões pessoais diante do Universo de Deus?
  • O que representa o meu gesto de indiferença ou de vaidade no Concerto Cósmico?

Abraçamos a Doutrina dos Espíritos como sendo Jesus de volta, mas não temos nos comportado à altura dos conceitos exarados em nossos círculos de aprendizado espiritual.

Criamos e sustentamos incontáveis Entidades de assistência e de acolhimento social, tudo sob o estandarte divino do Evangelho Redivivo, porém, nos deixamos levar pela política torpe e enfermiça do personalismo, vivendo entre assaltos e negações do amor caridoso.

O nosso Brasil, meus irmãos, sofre presentemente, em suas expressões políticas e jurídicas, a depressão vibracional tão lamentável, porque a nossa caravana espiritual tem se ocupado das formas e dos sistemas, fugindo ao plano do amor que o Alto espera de nós…

Notamos que a Transição, simbolizada pelo diálogo da Serpente com Eva, nas figuras simbológicas e vigorosamente sugestivas da Bíblia, se reedita na atualidade e como que “encanta” nossos líderes e trabalhadores do Movimento.

Não comentamos o assunto sem o respeito devido ao livre-arbítrio dos irmãos, e nem sob a inspiração do pessimismo ou da descrença, fazemo-lo por nos sentir irmanados ao esforço de grande contingente que luta ardorosamente pelo Espiritismo com Jesus, segundo o seu Evangelho de Redenção – seja com as obras de beneficência no meio social, seja nas Casas e Grupos de estudos comprometidos com a mensagem genuína do Consolador.

O Poder de Jesus e de seus Emissários ultrapassa os jogos de presunção e de vaidade, de indiferença e de zombaria. Mas as ações humanas, demonstrando consciência e adesão aos planos, às Leis do excelso Pai, são muito importantes como ambientação, na Terra, dos valores imortais, capazes de serem dinamizados na sociedade, como a legítima plataforma da Regeneração.

Da vida espiritual, observamos o movimento múltiplo das consciências em níveis diversos de conquistas morais, e os turbilhões que geram, em conjunto, definem as provas e a natureza das lutas a serem enfrentadas por toda a coletividade.

Sobre esse torvelinho, o Senhor faz desaguar a luz da misericórdia, sem cuja presença, os irmãos encarnados ou desencarnados ainda gravitando em torno da matéria, não suportariam sobreviver…

O nosso Brasil continua armazenando valores evolutivos por parte de seus filhos, para cumprir sua missão espiritual. Nenhum ataque, nenhuma crise serão suficientes para mudar-lhe o curso de realizações – tão bem delineados pela sabedoria amorosa de Jesus.

A simplicidade de coração é ainda e sempre o alicerce dos trabalhos pelo Evangelho. E não se enganem os que, em cálculo e sagacidade, julgam que simplicidade é tolice, porque a Verdade é a única força que de tudo triunfa, de modo que, mais dia menos dia, meus irmãos, a enfermidade, a derrocada social ou financeira, a perda de entes queridos e mesmo a morte, com seu ultimato, nos mostrarão, quando equivocados ou desviados do Bem, o verdadeiro caminho da Vida.

Trabalhemos em nós para que Jesus esteja com todos, ainda que as tempestades rujam e ameacem, tentando iludir os mais incautos e inexperientes de que não há esperança ou solução.

Nosso esforço não foi e não será em vão. Seguimos a Jesus no Espiritismo, e por esse caminho da Verdade venceremos a nós mesmos!

Prossigamos tão amorosos e tão unidos como nos ensinaram os Mártires do Cristianismo primitivo.

Estaremos juntos, louvando o coração amoroso de Nosso Senhor Jesus!

CHICO XAVIER

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão em reunião pública do dia 04 de junho de 2016, no Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)