RECOMEÇO

Meus irmãos, que as bênçãos de Nosso Senhor Jesus Cristo nos alcancem, trazendo reconforto e segurança aos nossos corações!

O tempo é sempre prodigioso por sua capacidade de nos ordenar pensamentos e emoções. Por ele, surgem-nos as respostas, o consolo e a renovação de nossos sentidos, frente a tudo o que se nos tornou aflições e desafios, provas e resgates…

O nosso mundo terreno tem vivenciado muitas experiências, às vezes, através de propostas que se chocam, como a noticiar complexa reforma de concepções e comportamentos – o que para muitos observadores sugere o fim dos tempos ou verdadeiro apocalipse, consoante a sua interpretação das profecias e dos textos sagrados.

No entanto, nós, os que estudamos com Jesus e Allan Kardec os processos de evolução da humanidade terreal, concluímos pelo quadro da transição geral, a estabelecer reajustes imprescindíveis e novas bases para o progresso global.

E dizemos isso por reconhecer as transformações ocorridas noutras épocas remotas ou mais próximas, ensejando ao curso da vida aquela correnteza mais dinâmica e até mais saudável, por efeito de depurações levadas a cabo por circunstâncias inesperadas e tidas por maldição num primeiro momento.

O nosso Brasil segue nesse sentido a sua rota de depuração e testemunhos, visando ao progresso social e moral que se conjugam aqui de modo admirável por reconhecermos todos, a ascendência do Evangelho de Jesus sobre nossa cultura e através de nossos esforços em todas as interpretações religiosas que em nosso solo florescem por bênção de Deus.

Mas, se como família brasileira, experimentamos nossas provas e nossas conquistas, devemos nos ocupar com nossos lares, de modo consciente e cristão, para que a Nação não sofra os desvios que renegamos e jamais desejaríamos ver em contexto político, econômico e social.

No lar, onde as virtudes da Boa Nova tornam-se imprescindíveis, somos requisitados por balizas ou por vigas de sustentação da harmonia doméstica, a fim de que as experiências definidas pela consanguinidade sejam do mais alto quilate moral, salvaguardando, os corações que aos nossos se conjugam, das depressões e dos ódios, das revoltas e das antipatias que sempre e invariavelmente fomentam as violências, os suicídios, os homicídios, o vício das drogas, as traições, vinganças e todas as leviandades que denigrem a condição espiritual de cônjuges, de filhos e filhas, de familiares outros…

A humildade é sempre o antídoto da loucura e a renúncia é o caminho da paz que erradica as guerras personalistas!

Somos uma Nação fadada a levantar no Brasil a flâmula da Fraternidade Universal. Formamos uma grande família, um grande povo que carrega a missão de vivenciar, tanto quanto possível, as lições de Jesus, tendo em vista a substanciosa e imaterial melhoria do Mundo, porque os valores da consciência, meus amigos, são os eternos tesouros dos Espíritos que se corporificam, para então testemunharem esses valores.

Carregamos, todos nós, marcas que podem se apresentar como chagas dolorosas, herdadas de ações e reações de nosso passado, mas todas elas, cicatrizadas ou ainda não, podem ser curadas ou mesmo valorizadas à luz da Mensagem do Senhor, sob a orientação sábia e generosa dos bons Espíritos.

Daí o convite do tempo por esse sistema adotado pela administração de parcela significativa dos povos do Globo, a propor a cada coração o recomeço em novas bases, com novo ânimo, sob a claridade de fecunda esperança…

É muito importante para a nossa comunidade Cristã e Espírita compreender que somos parte ativa de um sublime projeto de Jesus: o de transformar o Brasil em terra dadivosa para os corações exauridos em todos os climas do Planeta!

Nesse sentido, a correção pessoal, a responsabilidade impressa a tudo o que se faz, a abertura de coração para perdoar e acolher, a disposição permanente de servir e cooperar – tudo isso a partir do lar que a Providência nos concedeu, passando pelo exercício profissional, cidadão, atingindo os campos abençoados de nossa fé religiosa… Somente isso será capaz de salvaguardar e dar fôlego à missão brasileira diante do Mundo que sofre!

A vida, meus irmãos, alcança o verme que se move no charco e atinge o infinito dos sóis que desconhecemos: valorizemo-la, através de nossa devoção ao Bem!

Há inimaginável solidariedade entre tudo o que existe, porque as forças do Universo são correntes de vida, a definirem condições as mais diversas para o progresso dos seres.

Só o Amor é a nossa definitiva identidade! Que possamos cultivá-lo no solo fértil da vida que nasce de Deus!

Que Jesus nos ampare e nos encontre dispostos a servir ao seu Evangelho de redenção!

 

Do irmão e menor servidor,

CHICO XAVIER

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão em reunião pública do dia 04 de janeiro de 2015 no Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)