Categorias
Outros Autores

Passos da Vida

Entendendo a vida física por escola de superação interior, importante para nós, quando em ação no corpo denso, aproveitar o tempo na depuração mental de nossos hábitos e de nossos anseios, como sejam:
Despertar para o dia, após o sono noturno, abençoando o tempo que nos enseja experiências.
Devotar-se ao trabalho diário, não importando a profissão, como se fosse ao campo dadivoso do Pai, para auxilio dos nossos irmãos em Humanidade.
Nutrir-se com equilibrio e cultivar o que a Ciência demonstra ser saudável ao funcionamento da máquina orgânica.
Jamais permitir que os pensamentos se fixem no pessimismo ou na negação da vida, certos de que tudo se renova pelo poder de Deus.
Habituar-se às boas leituras e aos programas culturais que elevem os sentimentos, para facilitar o intercâmbio permanente da Luz.
Fazer da oração de gratidão e de confiança a Deus, o apoio imprescindivel de todo instante.
Honrar o estudo e a prática do bem no respeito à religião abraçada, por alma da própria vida, assegurando, com isso, a exemplificação pessoal e a sublimação de interesses mesquinhos.
Tratar pessoas e suas escolhas com o respeito e a consideração que esperamos dos semelhantes, por contribuição à paz social.
E usar o verbo, nas palavras faladas e escritas, com o intuito de sempre esclarecer e demonstrar apreço a quem ouve ou lê, para que a fraternidade se manifeste.
São passos de vida na vida de quem já procura a companhia de Jesus!

 

ANDRÉ LUIZ

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner G. Paixão em reunião pública do Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG, no dia 15 de setembro de 2014).

Categorias
Outros Autores

Grupo Espírita da Bênção – 22 anos do Educandário do Evangelho

Sem a preocupação com o rigor de métodos ou construções elaboradas, pedimos licença aos amigos para deixarmos fluir nessas linhas a nossa gratidão para com esse Educandário do Evangelho que é Luz em nosso meio espírita.

Conhece-se o valor de um trabalho pela perenidade de seus propósitos e a fidelidade com que propaga e vive seus ideais. São 22 anos de labor nas mais diversas frentes: Evangelização infantil e para adultos, Estudos Sistematizados da Mediunidade e Doutrina, campanhas assistenciais e de promoção do ser humano desde sopas fraternas, campanhas de agasalho, do quilo, cestas básicas até visita a lares e hospitais. Socorro espiritual.

Seu nome não poderia ser mais apropriado: Bênção. Impossível não associar ao Evangelho do Cristo que até hoje nos inunda com bênçãos de compreensão e esperança.

Quantos irmãos combalidos pelas lutas intestinas acorreram ao grupo como último suspiro para aplacar suas dores?

Quanta ajuda anônima para estruturar e fortalecer as bases físicas para que o alimento espiritual pudesse ali temperar com a seiva da Vida aqueles de nós sedentos pelo Evangelho?

Quanto assédio daqueles que não desejavam que o Grupo se fortalecesse e continuasse
intimorato sua jornada, mesmo sem compreender o que faziam?

Quanta dedicação, noites de preocupação, incompreensões, dores, lágrimas e lutas
perpassaram aqueles que estão à frente desse Grupo?

“Eu porém, vos digo: não resistais ao homem mau; antes àquele que te fere na face direita, oferece-lhe também a esquerda.” (Mt 5:39)

Emmanuel comenta a passagem do Evangelho nos lembrando que “não determinava Jesus que os aprendizes se entregassem, inermes, às correntes destruidoras. Aconselhava a que nenhum discípulo retribuísse violência por violência.”

E tudo que estudam, refletem, envolvem os demais irmãos do Grupo, fazendo com que essa Casa, em meio as montanhas de Minas, projetando até então uma singela e desconhecida cidade, amplie horizontes para o mundo.

O Estudo do Evangelho, tal como difundido por Honório O. Abreu e demais trabalhadores da primeira hora, ganharam projeção no mundo. Com coragem e determinação, fazendo o que outros não conseguiram, o grupo da Bênção chegou às plagas europeias para falar de Evangelho.

Campo de vastas lutas, palco de muitas contendas, o “velho continente” recebeu o sopro
reconfortante do Evangelho sob novas bases. Bases que não foram compreendidas quando Allan Kardec lançou o Evangelho Segundo o Espiritismo. Honório e Equipe de primeira hora inspiram seus trabalhos na base oferecida por Allan Kardec e amplamente entendida por Emmanuel.

Diga-se de passagem que as diferenças humanas não são um problema: quando estudamos a Doutrina e o Evangelho sabemos serem naturais. Lamentamos apenas pelas oportunidades perdidas quando o orgulho e a vaidade assumem o timão. A incompreensão e as diferenças, fazem do aprendiz do Evangelho um ser humano mais preparado para as viradas que tanto ansiamos para nossas vidas. Lições que esse Educandário do Evangelho tem nos ensinado.

Mas por que Educandário? Um educandário é um estabelecimento que recebe aquele que está sendo educado: todos nós!

Jan Amos Comenius (1592-1670) já dizia sobre a amplitude da educação: “nosso primeiro desejo é que todos os homens sejam educados plenamente em sua plena humanidade, não apenas um indivíduo, não alguns poucos, nem mesmo muitos, mas todos os homens, reunidos e individualmente, jovens e velhos, ricos e pobres, de nascimento elevado e humildade – numa palavra, qualquer um cujo destino é ter nascido humano: de forma que afinal toda a espécie humana seja educada, homens de todas as idades, todas as condições, de ambos os sexos e de todas as nações.”

Parabéns, Grupo Espírita da Bênção! Fez e faz a sua parte no processo educativo: levas e mais levas de aprendizes que aí receberam e se nutriram da Educação Evangélica hoje jornadeiam pela Vida com a semente de um novo mundo plantadas em seus corações! Que cada um tenha sabedoria para regar e alimentar e fazer crescer o que há de melhor.

Que Jesus, Allan Kardec e Emmanuel continuem inspirando-os nesse processo de renovação interior de todos nós que um dia tivemos o privilégio de pertencer, conviver e viver com vocês nesse Educandário de Luz.

“Espírito de Verdade, agradeço os teus sábios conselhos. Aceito tudo, sem restrição e sem ideia preconcebida.

Senhor! Pois que te dignaste lançar os olhos sobre mim para cumprimento de teus desígnios, faça-se a tua vontade! Está nas tuas mãos a minha vida; dispõe do teu servo. Reconheço a minha fraqueza diante de tão grande tarefa; a minha boa vontade não desfalecerá, as forças, porém, talvez me traiam. Supre a minha deficiência; dá-me as forças físicas e morais que me forem necessárias. Ampara-me nos momentos difíceis e, com o teu auxílio e dos teus celestes mensageiros, tudo envidarei para corresponder aos teus desígnios.” (ALLAN KARDEC)

Grupo Espírita da Bênção: muito obrigado!

De um aprendiz agradecido.

Categorias
Outros Autores

ORAÇÕES PELO BRASIL

O pessimismo nunca foi capaz de solver quaisquer dificuldades no campo prático da vida, porque sua adoção representa o sepultamento da criatividade e da força moral na intimidade dos seres.

Portanto, à frente dos panoramas sombrios e incertos, o Gênio denominado Boa Vontade, na contramão do pessimismo, é que responderá sempre pelo soerguimento da obra em pauta.

Amando sempre mais o País dadivoso que nos tem ensejado progredir e tanto aprender sobre a Vida e a Vontade de Deus, observamos do Além as guerras sem trincheiras entre facções de interesses pessoais que nos lembram os rasos soldados do Império Romano disputando o manto de Jesus, ali crucificado pela crueldade e insensatez dos homens daquele tempo…

Jogos de pura vaidade sob o domínio exclusivo do interesse pessoal prevalecendo, ainda hoje, sobre temas tão sagrados de vida coletiva, de rumos redentores a interessarem à alma brasileira!…

O poder máximo na República é uma espécie de exílio de curta duração, desde que distanciado das realizações que visam ao fomento da educação, ao progresso múltiplo da vida social organizada, entre o binômio justiça e liberdade relativos ao grau de evolução já alcançado pela comunidade.

Se no plano dos que se vestem de carne a confusão e os conflitos de menor monta se intensificam, colocando à prova todas as conquistas já formalizadas da Pátria, tanto quanto os modelos de gestão erigidos por ideais, de nosso lado – na Vida Espiritual – a atenção dos mais evolvidos e responsáveis planifica, com a sabedoria dos mestres e com a devoção dos santos, a renovação visceral dos modelos saturados que vêm substituindo egos e sistemas viciantes quanto viciados de política mundial.

Essas benditas terras beijadas pelo Sol dos Trópicos e banhadas permanentemente pelo Atlântico ao longo de quase oito mil e quinhentos quilômetros de costa, há de viver novos dias e fecundas esperanças, sob a bênção de uma consciência iluminada pelo Cristo e ao calor de um sentimento vivo, convertido em fraternidade!

Se o ápice das ambições humanas pode estar representado pela conquista do poder temporal que faz gerir a máquina das riquezas perecíveis e mutantes, a meta dos que estamos fora do corpo, tendo os olhos da alma purificados pelas águas regenerativas do Evangelho do Senhor, encontra-se exatamente na transformação dos sistemas e das ações centradas no “eu”, para que a regeneração dos costumes se torne a Regeneração dos povos, no rumo efetivo de Deus!

Nunca o Brasil – abençoado e convocado por Jesus a ser um Celeiro para o mundo – necessitou tanto de nossas orações caridosas e apartidárias, pois esse torrão de nossas esperanças tem sido o palco de lutas inglórias, de rebeliões injustas e de exploração vil!

Somente o amor iluminado pela fé em Deus e em nós mesmos poderá fazer de nossa Pátria a nova Estrela de Belém, anunciando a chegada de Novos Tempos para toda a Terra!

JUSCELINO KUBITSCHEK

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão em reunião pública do dia 24 de março de 2014 no Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)

Categorias
Outros Autores

CONFLITOS EXISTENCIAIS E EVANGELHO

Meus filhos:

Que a Santíssima Mãe de Jesus vos acoberte em vossas lutas, guardando-vos os corações em confiança e paz!

O tempo com seus favores evolutivos descerra-vos ao mundo nova página de oportunidades e bênçãos, com o advento do Ano-Novo.

Na marcha humana da ignorância para a sabedoria, identificamos, de nossa posição espiritual no Além, o báratro das provas e dos resgates – individuais e coletivos – entre vícios e virtudes, estas últimas em eclosão paulatina…

Por muito ainda, os homens estarão submetidos às fortes impressões da matéria que vem escravizando seus sentidos acanhados e, por efeito desse culto ao prazer sensorial, à ilusão da posse, muitos conflitos se multiplicarão, como a desafiar o discernimento dos que se empenham na ciência e pela genuína espiritualidade com Jesus!…

A Vida Superior jamais estigmatizará a vida humana; ao revés, identifica nela a gleba abençoada que a Providência do Pai fecunda com a chuva e enriquece com a dádiva do Sol, tendo por objetivo conjugar elementos e promover a produção tão diversa quanto farta, num sentido universalista e imortal…

O vício interpretativo dos homens, que atrelaram as mais substanciosas Revelações Espirituais a seus desejos e caprichos, tem impedido a justa compreensão da dor e das aflições para a formação moral das criaturas.

Mas, o Consolador que Allan Kardec vos legou, guarda o condão de despertar a razão humana para os temas da Imortalidade em Deus e nele, meus filhos, a Carta Magna da condição humana, o Evangelho de Jesus, alcança apogeus de entendimento e aplicação, tangendo o centro do real e definitivo do poder do Espírito: o sentimento!

Os ciclos se renovam para ensejar experiências a todos e os desafios existenciais talham, na intimidade de cada um, os valores correntes e ainda tão desconhecidos do Universo sem fim!…

Há que se preparar, para enxergar em profundidade e de modo discernido, todo aquele que bate às portas da Revelação Espírita-Cristã, pois esse Tesouro Divino não chegou à Terra para adaptar-se às exigências personalistas ou às lamúrias dos preguiçosos e incautos por conta própria…

O Espiritismo é muito mais que confessionário ou parque de exibições curiosas; é mais que argumentação filosófica a serviço de enaltecimento acadêmico e infinitamente mais que culto exterior das divindades do ontem ou do hoje, entronizadas para gáudio dos que intentam negociar facilidades e promoções transitórias!…

Filhos: o Cristianismo puro retorna pela Obra dos Espíritos Superiores!

Atentai para a gravidade da missão que vos compete nesta hora de transformações viscerais do mundo!…

As dores mais pungentes são aquelas que atingem a alma: ide, pois, filhos amados, às fontes da Grande Luz e, como a Mulher Samaritana, implorai ao Senhor por beberdes da água viva do Evangelho, pois conhecereis a Verdade e essa Verdade vos dotará do Amor puro, na moldura da eterna Sabedoria!

Que tenhais coragem e bom ânimo para edificardes conosco o Tempo da Consciência Cristã – os legítimos raios da nova aurora da Regeneração!

 

Bittencourt Sampaio

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão durante reunião pública do dia 28 de dezembro de 2013, no Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)

Categorias
Outros Autores

NA LUZ DA ESPERANÇA

Meus filhos: que o amor santificado de Maria nos alcance a todos!
Os tempos terrestres impõem um jugo de incertezas e de dores sobre os que caminham na Crosta e em suas adjacências espirituais…
Revisões e novas plataformas morais exigem muito das individualidades no mundo ou dos desencarnados no Além.
Também as zonas erráticas da Vida Espiritual se ressentem desse torvelinho culminante da Transição planetária, de modo que a gravitação e a migração das almas é algo que impressiona ou mesmo aterroriza os menos afeitos aos estudos doutrinários do Espiritismo Cristão, com sua beleza imperecível a serviço da Verdade cósmica!
Mas, nenhum de nos se perderá, meus filhos amados!
Ao lado das sombras acumuladas de muitos séculos e permeando a loucura política dos modelos materialistas ainda em vigência, encontramos a ação regenerativa e salvadora de Jesus, através de suas plêiades de amor e sabedoria, oriundas das faixas santificadas do entorno terreno ou mesmo as caravanas solidárias ao Cristo, vindas de mundos mais felizes da Amplidão!…
Neste contexto de lutas intensíssimas, a salvaguarda é a fé que se transfunde em força moral; que se converte em respeito e solidariedade, de cujo ninho se levantam a caridade, o perdão, a abnegação.
Filhos queridos, as ondas tumultuosas passam, como passaram os bárbaros da Humanidade…
E não se afirme que é o império do mal, porque em verdade é o domínio da ignorância, da viciação, da indiferença ao Divino…
Se muitos preferem adiar testemunhos, comungando, em deslealdade, os banquetes venenosos da ilusão e da criminalidade, Deus espera; se outros desejam perverter e atrasar o fluxo da Grande Luz, o Pai os respeita em sua feição de “instrumentos de escândalo”…
No entanto, filhos, atentai para a Misericórdia e discerni o crime do que o comete; o leviano imprevidente da zombaria que o macula, pois somos todos irmãos em Cristo e todos filhos do excelso Pai!…
Elevai vosso olhar às estrelas do Bem que cintilam, imperecíveis, no Céu magnânimo deste Cristianismo puro e simples que Jesus faz ressurgir no Espiritismo!
Sem inspiração não se avança para o melhor.
Sem esperança não há mobilização pelo amor.
Sem trabalho não há transformação moral!
Sigamos à luz radiosa que nos permite hoje, em meio a tanta sombra personalista, viver o Evangelho redentor!
Estamos de vosso lado e tudo faremos, em nome de Jesus, por vossa vitória espiritual sobre vós mesmos!
Nossos votos de paz!

BEZERRA DE MENEZES

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão no dia 09 de setembro de 2013, em reunião pública do Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)

Categorias
Outros Autores

BATALHAS HUMANAS

Caríssimos irmãos de ideal Espírita, fraternos e muito queridos amigos desta Casa Espírita: nossos votos de paz, no sincero respeito aos esforços que fazem pela adoção do amor e da caridade!

A desencarnação, em primeiro lugar, nos obriga a uma retrospectiva impressionante de todos os fatos que constituíram a existência física que deixamos. Não há uma criatura sequer que possa fugir a essa revisão detalhada e profundamente reveladora de seus passos na Terra, de modo que, por mais avesso o indivíduo se mostre à renovação, ele se vê e se penaliza consciencialmente, segundo o que fez da oportunidade reencarnatória que a Providência de Deus a ele concedeu…

Em um segundo momento, quando se dá a integração de nossa alma à Vida Espiritual com que nos sintonizamos – dentro da Lei de Causa e Efeito –, usufruímos de grandes aberturas da mente, pois a sensibilidade alcança dimensões imprevisíveis pelos cidadãos comuns do mundo.

E é no exercício dessas faculdades que parecem muito com a dos mais potentes médiuns que conhecemos na Crosta, que iniciamos um aprendizado incomum, ampliando-nos a visão das coisas, dos acontecimentos, das pessoas…

Para quem vivenciou, por pura misericórdia do excelso amigo Jesus, a beleza da mediunidade de Chico*, na doce e inesquecível Pedro Leopoldo de décadas atrás, esta incursão consciente nos domínios da Vida Espiritual é um verdadeiro delírio de alegria e satisfação – afinal, sempre fomos um apaixonado pelas Verdades espirituais que o emérito Senhor Allan Kardec descortinou para a Humanidade!

Tem sido para nós, meus amigos, uma verdadeira dádiva esse convívio com os que nos antecederam a desencarnação e também com os muitos benfeitores que nos ajudaram a vencer lutas pessoais e as do Ideal, de modo ostensivo ou anônimo!

Reconhecendo, aqui, no Mundo Espiritual, a veracidade do que estudamos e aprendemos com a Obra da Codificação e também com a obra de nossa Alma Querida* – leia-se Emmanuel e todos os que o Senador** apresentou à comunidade espírita pela mediunidade do dileto médium, lamentamos, mesmo aqui, já desligado do mundo, meus amigos, a falta de interesse e de lealdade de muitos companheiros nossos em relação à Obra básica, tanto quanto em relação às revelações seguras legadas a todos pelo Mais Alto através de Chico…

Daqui, em observações criteriosas e até surpreendentes para mim – que mal conto um ano de desencarnado, percebo o quanto a fantasia tem visitado a mente de médiuns sem estudo ou sem comprometimento moral com a Doutrina. Há confusão de temas e banalização de conteúdos sublimes… Há inversão de valores e descrédito lançado ao que é sério e valoroso…

São tempos de aferição e zombaria, realmente, embora haja bondade e luz da parte do Alto em favor da Terra inteira!

Sabemos que tudo se renova e a própria Doutrina do Consolador é a prova disso, mas reafirmo, pessoalmente, por receber no coração o afago da Misericórdia de Nosso Pai, que cada um, em particular, deverá testemunhar seu ideal e sua lealdade à Obra, sem poder contar, muitas vezes, com o apoio e a compreensão da maioria!…

Valorizemos, meus caríssimos e diletos amigos, a bênção do Senhor Jesus e sigamos dando o nosso melhor, com sinceridade, com honestidade, sendo fieis às divinas lições!

Agradecido pelas generosas lembranças e pela ternura da amizade de vocês, deixo aqui o meu abraço carinhoso e saudoso, certo de que o excelso Amigo não nos abandonará na jornada.

Confiança e perseverança, meus queridos!

ARNALDO ROCHA

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner G. Paixão na noite do dia 31 de agosto de 2013, durante reunião do Grupo Espírita da Bênção, em Mário Campos, MG)
* Referência ao médium Francisco Cândido Xavier, com quem conviveu.
** É como se referia a Emmanuel, em diversas oportunidades.